Prolinx

Blog / Informe-se

9 Dicas para melhorar o sinal do wi-fi no home office

Trabalhar em home office significa ter um cuidado especial com a estrutura tecnológica que você possui em casa. Estar atento à segurança, qualidade dos equipamentos e do serviço de internet contratado podem fazer a diferença. Isso inclui o sinal do wi-fi.

Entre as principais reclamações em relação ao wi-fi estão a lentidão, interrupções e baixa intensidade do sinal. Alguns cuidados podem transformar a sua rede e deixá-la rápida e segura.

Se você precisa de dicas para melhorar o sinal do wi-fi está no lugar certo! Confira o que preparamos para você!

1 – Escolha bem a localização do roteador

O local em que o roteador wi-fi está instalado pode fazer a diferença para que você obtenha um melhor desempenho da sua conexão.

O aparelho não deve ser instalado próximo de paredes grossas, equipamentos como forno micro-ondas ou telefones sem fio, dentro de móveis de madeira ou perto de vidros.

De preferência, o roteador precisa ficar próximo ao local de trabalho escolhido e em uma posição elevada. Quanto mais alto, melhor será a propagação das ondas de frequência wireless.

2 – Defina uma senha forte para o wi-fi

Senhas criadas apenas com letras ou números podem ser facilmente identificadas por programas e aplicativos que têm essa função. Em consequência, alguém pode utilizar o seu sinal de wi-fi e você nem desconfiar.

Um dos sinais de que alguém pode estar utilizando o sinal sem a sua autorização é a internet ficar mais lenta. Fique atento a estes detalhes e coloque uma senha mais forte, com tamanho maior e caracteres especiais.

3 – Diminua o número de aparelhos ligados ao wi-fi

No home office, a tendência é termos vários equipamentos ligados à rede wi-fi: celulares, tablets, videogames, media centers e outros ocupam uma quantidade da banda mesmo não sendo utilizados.

Para ter uma conexão mais rápida e com menos travamentos durante o horário de trabalho, o ideal é desconectar tudo aquilo que não está sendo utilizado no momento.

4 – Teste diariamente sua conexão

Um hábito que deve ser realizado é o teste da conexão antes de iniciar as tarefas do dia. É preciso conferir se o que foi contratado junto à operadora está sendo entregue corretamente. Para isso, existem medidores como o EAQ da Anatel.

É natural que, caso tenha vários usuários conectados ao mesmo tempo, o wi-fi possa gerar uma instabilidade ou diminuição da velocidade durante o dia.

5 – Escolha da frequência correta do wi-fi

Atualmente, a maioria dos roteadores são Dual-band, ou seja, eles já vêm de fábrica adaptados com duas faixas diferentes de ondas, as de 2.4 Ghz e as de 5.0 Ghz. A escolha do tipo de faixa é feita por você diretamente no computador, notebook, telefone ou tablet.

A de 2.4Ghz é recomendada caso a sua estação de trabalho em casa esteja longe do roteador. Ela é mais utilizada para navegação, envio de e-mails e chamadas de vídeo.

Por outro lado, a faixa de 5Ghz deve ser utilizada em casos como streaming de vídeo, transferência de arquivos mais pesados ou em grande quantidade. Ela oferece uma velocidade mais contínua e sujeita a menor interferência. Para utilizá-la, é recomendável estar próximo ao roteador.

6 – Desligue o roteador de wi-fi de vez em quando

O roteador já é algo que faz parte da rotina e, muitas vezes, ele fica ligado direto, o que pode deixá-lo muito aquecido. Em consequência, o sinal da internet pode ficar mais fraco.

A dica, nesse caso, é desligá-lo por um tempo quando nenhum dos usuários o esteja utilizando.

7 – Dê atenção às antenas do roteador

Um detalhe simples, mas que pode fazer a diferença na qualidade do sinal do wi-fi: as antenas do roteador devem estar sempre pra cima. Se estiverem para baixo ou para os lados, o envio do sinal pode ficar comprometido.

8 – Aposte em um repetidor de sinal

Caso o sinal do wi-fi não esteja satisfatório no local escolhido por você para o home office, uma das soluções é usar um repetidor de sinal.

Estes aparelhos ampliam a área de cobertura do sinal wi-fi e são de fácil configuração. Um exemplo é o Powerline que faz uso da rede elétrica para a distribuição do sinal e evita que cabos e fios sejam espalhados pela casa na busca por um bom sinal de internet.

9 – Considere roteadores com a tecnologia Mesh

Uma solução para ambientes grandes pode ser o roteador com a tecnologia Mesh. Trata-se, na verdade, de um kit que vem com três aparelhos que podem ser distribuídos pela casa sem a necessidade do uso de repetidores de sinal.

Com essa tecnologia o sinal do wi-fi é replicado pelos ambientes com a mesma qualidade disponibilizada pelo ponto original.

Cuidados que geram desempenho

A qualidade do sinal wi-fi para o seu home office pode ser bem eficiente caso você tenha esses cuidados com localização, frequência utilizada e segurança do roteador.

Para que tudo funcione normalmente é muito importante também manter o computador, tablet e smartphone com antivírus, outros softwares e sistemas sempre atualizados.

Gostou das dicas? A Prolinx pode ajudar a sua empresa a trabalhar de forma eficiente e segura no home office. Entre em contato com os nossos especialistas!

Leia mais...

CenturyTelecomDedic(feed)-min
Blog25_Wifi(feed)-min
CiscoIMATextil(feed)-min