Prolinx

Blog / Informe-se

Como garantir a conexão segura da sua empresa?

Diariamente, sua empresa realiza inúmeras trocas: são e-mails, contratos e informações vitais que você envia e recebe pela web. Para onde vai tudo isso? Muitas vezes, não paramos para pensar que terceiros podem conseguir acesso aos dados que fornecemos na rede e é justamente isso o que pode colocar todo o negócio em risco.

Como apontamos anteriormente, 2017 já se configura como o ano em que ataques cibernéticos se tornaram mais agressivos, como é o caso dos ransomwares que assustaram o mundo e causaram prejuízos a empresas dos mais variados nichos.

Nesse cenário, é preciso redobrar a atenção e os cuidados para garantir uma conexão segura. Foi pensando nisso que desenvolvemos este post para que você conheça soluções e saiba como proteger a sua empresa. Acompanhe!

O que é segurança de borda?

Quando o assunto é a proteção da conexão, falamos em segurança de borda. Essa borda é a fronteira pela qual a sua empresa se conecta à web. É o que está entre as informações do lado de dentro da sua rede e aquilo o que está do lado de fora.

O cenário ideal é garantir que o ambiente interno se mantenha seguro e que qualquer ameaça permaneça apenas no exterior. Nesse sentido, empresas especializadas desenvolvem soluções de segurança de borda, capazes de detectar e bloquear códigos e programas maliciosos que tentem romper essa fronteira.

Essas soluções são capazes, também, de garantir a criação de um ambiente seguro na borda, fazendo com que a transmissão de informações entre os dois ambientes, interno e externo, aconteça sem riscos à empresa.

Riscos de uma conexão não-segura

Em resumo, uma conexão não-segura expõe a rede da empresa à ação de malwares diversos. Alguns deles podem simplesmente comprometer o funcionamento do sistema, deixando os processos mais lentos. Outros, porém, podem alterar funcionalidades e até mesmo roubar dados valiosos!

Assim sendo, conexões não-seguras trazem riscos diversos que podem ter consequências graves como a paralisação as atividades e o vazamento de dados sigilosos. Situações que podem causar a perda de informações, de clientes e de credibilidade, sem mencionar o prejuízo que tudo isso acarreta.

Como se proteger

Diante dos riscos, surge a dúvida de como se proteger e garantir uma conexão segura para a empresa. Para isso, existem diferentes soluções de segurança de conexão que devem ser buscadas, de preferência, com o apoio de uma equipe especializada.

Vamos a eles:

Firewall – o que é e qual sua importância

Antes de mais nada, destaquemos a importância do firewall. Muita gente acredita que ter um bom antivírus instalado anula a necessidade de manter o firewall ativo, mas isso não é verdade.

A “parede de fogo” nada mais é do que uma barreira capaz de impedir a entrada de ameaças no ambiente da rede particular. São sistemas de protocolos e scripts que checam e filtram os dados da conexão, garantindo a proteção da rede.

Firewalls em forma de software são aplicações integrantes de qualquer sistema operacional. Para empresas, é comum a indicação do uso de firewalls em forma de hardware, equipamentos que tornam o processo de filtragem ainda mais ágil e assertivo.

VPN – garantindo uma rede privada segura

A sigla VPN representa Virtual Private Network ou Rede Privada Virtual. Como o nome sugere, trata-se da criação de uma rede de comunicação entre computadores e outros dispositivos que tenham seu acesso permitido.

A VPN conecta dispositivos por meio da internet de forma simples e econômica. Embora tenha se popularizado há pouco, é um método já comum em ambiente corporativo, visando garantir o acesso de funcionários remotos ou de filiais à uma mesma rede interna privada.

Por ser baseada em rede pública, é importante que hajam dispositivos capazes de garantir a proteção dos dados transmitidos. Por isso, a criptografia é um recurso importante para conferir segurança à VPN.

SSL – o que são certificados digitais

É provável que você já tenha reparado. Algumas URL iniciam com http:// e outras com https://. Esse “s” representa a SSL ou Secure Sockets Layer, uma tecnologia de segurança criada para estabelecer uma ligação criptografada entre um servidor e um navegador, assegurando que os dados trocados permaneçam privados.

A SSL também é representada por um ícone de cadeado, localizado na barra de URL. Para saber se o certificado não expirou, basta clicar nesse cadeado, selecionar “informações” e conferir os prazos.

Para todos, é preferível acessar sites que tenham o certificado de segurança válido. É isso que assegura que as trocas ali realizadas estejam protegida da ação de hackers que buscam por dados sigilosos.

Garantir que o site da sua empresa seja seguro é importante tanto para o negócio e seus colaboradores quanto para clientes e quem mais o acesse para contato, cadastros e outras trocas.

Equipe especializada

As soluções acima estão disponíveis para que você mesmo as configure e instale. Nem sempre, porém, é fácil fazer isso de forma correta e eficaz. Por isso, vale a pena buscar ajuda profissional para evitar erros no processo e  garantir o funcionamento pleno desses recursos tão importantes para a proteção do seu negócio.
Agora que você já sabe como garantir a conexão segura de sua empresa, que tal contar conosco? Conheça nossas soluções!

Leia mais...

CenturyTelecomDedic(feed)-min
Blog25_Wifi(feed)-min
CiscoIMATextil(feed)-min