Prolinx

Blog / Informe-se

Saiba como gerenciar as políticas de segurança de sua empresa

Agir para proteger dados e evitar o acesso à rede corporativa são ações fundamentais para a segurança da informação. Qual o nível de controle de sua empresa com relação a isso?

Políticas de segurança precisam ser definidas e, mais do que isso, precisam ser bem geridas para garantir sua efetividade. Do contrário, a organização tenta evitar riscos, mas permanece como um alvo fácil para ameaças.

Neste post, você vamos te contar mais sobre o assunto e apresentar o ISE, uma solução Cisco que pode manter sua empresa livre de problemas. Acompanhe!

Por que automatizar a gestão de políticas de segurança

A política de segurança da informação é algo que inclui definição de acessos e senhas, orientações sobre o uso da internet, de softwares e de dispositivos, para o uso do e-mail marketing, rotinas de backup e mais.

Basicamente, falamos de um conjunto de orientações que devem fazer parte de um manual de boas práticas em segurança da informação a ser compartilhado com os funcionários da empresa.

Além de contar com o cuidado e a atenção de todos, a organização também precisa gerenciar as práticas e garantir que as coisas permaneçam sob controle. Para tanto, faz a diferença contar com uma plataforma que automatiza processos e contribui para que o acesso à rede seja feito sempre de forma segura.

A ideia é contar com uma solução que permita que a empresa identifique acessos e usuários com mais facilidade, controle essa movimentação e evite problemas. Um cenário que também favorece a identificação de ameaças e sua rápida correção.

O que é e o que o ISE da Cisco oferece

Achou a ideia interessante? O ISE da Cisco pode ser a solução que sua empresa precisa para ter mais controle ao acesso da rede e melhor gerenciar suas políticas de segurança.

ISE é sigla para Identity Services Engine ou Mecanismo de Serviços de Identidade. Uma solução que apresenta uma série de possibilidades para garantir que sua empresa esteja bem protegida. Veja:

Unificação do gerenciamento das políticas de acesso

Tornar a vida da TI mais fácil é fundamental para que a empresa consiga se desvencilhar de ameaças cada vez mais poderosas.

Com isso em mente, a ideia de centralizar e unificar o gerenciamento de políticas de acesso surge como uma necessidade.

O ISE permite que isso aconteça, tornando o acesso à rede mais confiável caso os usuários estejam conectados por meio de uma rede sem fio ou de uma rede VPN.

Mais visibilidade quanto aos dispositivos em uso

Uma das coisas que a TI precisa para garantir a segurança de rede é ser capaz de visualizar quais dispositivos estão sendo usados para acessar a rede da empresa a cada momento.

O ISE da Cisco permite que perfis de dispositivos sejam gerados e atualizados frequentemente. Assim, cria-se um cenário em que se torna mais fácil não apenas identificar cada acesso à rede como reduzir o número de possíveis ameaças.

Implementação da segmentação do acesso

Um funcionário de determinado setor não precisa ter acesso a todas as informações que outro, que trabalha em um setor diferente, tem. Ainda, cargos diferentes podem definir permissões de acesso diferentes.

Esse tipo de raciocínio nos leva à ideia de gerenciar políticas de segurança por meio da segmentação do acesso à rede da empresa. Com o ISE da Cisco é possível criar políticas flexíveis que se baseiam na função de cada trabalhador, tornando o acesso à rede mais dinâmico sem que isso represente um entrave.

Como consequência, a empresa passa a ter mais controle com relação a quem acessa quais informações, aumentando suas chances de manter ameaças externas afastadas e de evitar vazamentos.

Simplificação da experiência do usuário

Tanto para usuários fixos da rede corporativa quanto para usuários convidados, o ISE facilita a administração do acesso à rede a aprovação para que esse acesso aconteça.

Para a segurança, é possível personalizar os portais de convidados facilmente, com o uso de marcadores. Assim, torna-se mais fácil acompanhar o acesso dos convidados, assegurando que informações privadas não sejam indevidamente visualizadas ou compartilhadas.

Otimização do BYOD

O BYOD ou Bring Your Own Device nada mais é do que a prática de permitir que funcionários levem para o trabalho os seus próprios dispositivos como notebooks ou tablets.

É algo cada vez mais comum, mas que demanda mais cuidados por parte da TI em nome da segurança de dados.

Com o ISE, é mais fácil configurar e aprovar o uso de novos dispositivos porque há uma funcionalidade de autoatendimento que conta com uma autoridade de certificação interna e um software de gerenciamento de mobilidade empresarial integrado.

Para quem é o ISE da Cisco

O ISE da Cisco é para toda empresa que quer controlar melhor o acesso à sua rede por meio de uma gestão mais bem feita de sua política de segurança.

Suas funcionalidades são úteis à TI que deseja lidar com os desafios de uma empresa com um volume crescente de dispositivos e aplicações, sobretudo para evitar ou responder rapidamente a ataques.

O ISE da Cisco parece uma boa solução para a sua empresa? A Prolinx pode te ajudar a contar com essa tecnologia. Entre em contato!

Leia mais...

30_SaibaGerenciar(feed)-min
office365(feed)-min
CenturyTelecomDedic(feed)-min