Prolinx

O firewall é uma ferramenta complementar a outras soluções, como o antivírus, capaz de aumentar os níveis de proteção de sua empresa. Para isso, é importante saber escolher a solução ideal.

Segundo o Cyber Security Insights, um total de US$ 6 trilhões deve ser investido em segurança da informação em todo o mundo até 2021. O montante, no mínimo, denuncia que se sua empresa ainda não está pensando em reforçar a segurança, está pensando errado.

Neste post, trazemos dicas para que você saiba o que observar para escolher o melhor firewall corporativo para a sua empresa. Acompanhe!

Entenda a importância do firewall

Firewall, em tradução para o português, significa “parede de fogo”: uma barreira que impede ou dificulta ao máximo a entrada de ameaças no ambiente privado da rede de sua empresa.

Como você deve saber, até mesmo empresas de pequeno porte estão produzindo e trocando um volume crescente de dados virtualmente. Isso porque as rotinas corporativas estão cada vez mais baseadas em softwares e soluções afins.

Ainda que toda essa tecnologia tenha vantagens inegáveis, traz consigo alguns riscos. Falamos da ação de malwares, agentes maliciosos programados por cibercriminosos que podem prejudicar os rumos de um negócio.

Funcionando por meio de protocolos e scripts, um firewall cumpre o papel de fazer uma varredura nos dados que chegam e saem da rede de uma empresa. Ameaças eventualmente encontradas são barradas, ou seja, têm acesso negado à sua rede, mantendo seus dados seguros.

Conheça os diferentes tipos de firewall

Para escolher o melhor firewall, você precisa conhecer os diferentes tipos existentes dessa solução:

  • Packet filtering ou Filtragem de pacotes

Esse firewall analisa pacotes de dados que entram ou saem pela rede, considerando critérios pré-definidos, para permitir ou bloquear seu acesso. É indicado a redes pequenas, uma vez que pode se tornar uma solução complexa demais em redes maiores;

  • Stateful inspection ou Inspeção de estados

Esse tipo de firewall analisa todo o fluxo de dados comparando aquilo o que está acontecendo com aquilo que era esperado que acontecesse. Ou seja, compara o cenário real com o ideal considerando padrões aceitáveis e bloqueando aquilo o que não está em conformidade com as regras de segurança;

  • UTM – Unified Threat Manager ou Gerenciador de ameaças unificado

O UTM é uma solução que permite que diferentes soluções de segurança sejam adicionadas à mesma plataforma do firewall, algo que é positivo até certo ponto.

Empresas de médio e grande porte ou que lidem com um alto volume de dados podem acabar tendo seu firewall UTM sobrecarregado, o que prejudica sua performance e abre brechas para vulnerabilidades;

  • NGFW – Next Generation Firewall ou Firewall de Próxima Geração

O NGFW é uma evolução do UTM alcançada a partir da retirada ou terceirização de algumas funções complementares do firewall.

A princípio, pode parecer que a solução regrediu, mas na verdade, evitar o excesso de funções é o que garante que o firewall de próxima geração tenha uma performance melhor e seja mais eficiente. Algo que acontece mesmo diante de um volume crescente de dados.

Considere a demanda da rede da empresa

A demanda de sua empresa vai ajudar você na escolha do firewall ideal. Soluções mais simples podem ser suficientes para empresas pequenas ou que lidam com um tráfego de rede relativamente baixo.

Considerando que estamos produzindo e trocando um volume crescente de dados, porém, convém analisar a questão cuidadosamente para não investir em uma solução que logo se tornará insuficiente.

Para altas demandas, a melhor forma de manter a rede da sua empresa protegida é optando por um firewall de próxima geração como o Cisco Firepower.

Escolha uma solução que seja escalável

Para não errar na escolha do firewall corporativo, você precisa dimensionar bem a rede de sua empresa. Em geral, empresas pequenas têm menos computadores e equipamentos conectados, o que resulta em uma rede menor e assim o raciocínio segue.

Errar no dimensionamento da rede é, por si só, um problema. Chamamos a atenção, porém, ao risco de dimensionar a rede corretamente, mas se limitar a isso.

Seguindo a tendência, é esperado que a demanda de uma empresa aumente, ou seja, que o fluxo de dados entrando e saindo de sua rede seja crescente.

Por essa razão, é importante que você opte por uma solução escalável. Isto é, você precisa escolher um firewall que seja capaz de acompanhar a evolução do seu negócio e mantê-lo protegido sempre.

Em geral, aqueles que permitem a habilitação de alta disponibilidade ou que sejam baseados em nuvem são as melhores opções nesse sentido.

Conte com ajuda especializada

Por fim, mas não menos importante, a escolha do melhor firewall para a sua empresa passa pela orientação de especialistas.

Esperamos que este conteúdo tenha servido para lhe dar uma noção mais clara do que considerar ao buscar uma solução de segurança para a sua empresa, mas entendemos que uma análise bem feita e uma escolha segura demanda mais conhecimento.

Por essa razão, considere solicitar uma consultoria para sanar suas dúvidas e descobrir qual o firewall mais indicado para o seu negócio.

Precisa de ajuda para escolher um firewall? Entre em contato, a Prolinx pode ajudar!