Prolinx

Blog / Informe-se

Sequestro de dados digitais: 4 dicas para se proteger

Você já ouviu falar em Ransomware? Sabe o que é e os riscos que oferece?

No mundo digital, com a velocidade que os dados se propagam e novas tecnologias são desenvolvidas, tem se tornado cada vez mais comum o sequestro de dados, o que é conhecido por Ransomware, já que a palavra “ransom”, em inglês, significa resgate.

sequestro de dados

Nesse sentido, os criminosos têm desenvolvido diversas táticas para sequestrar dados de computadores e stmartphones e exigir um valor para a devolução, sendo muito difícil rastreá-los. É muito comum que isso aconteça em empresas de diversos ramos e segmentos, mas muitas pessoas também têm sofrido ataques em seus aparelhos pessoais.

Diante desse cenário, listamos algumas dicas para você se proteger do sequestro de dados digitais. Confira:

1. Mantenha programas e aplicativos sempre atualizados

É essencial manter os programas utilizados no computador e os aplicativos baixados no smartphone sempre atualizados. Isso porque, muitas vezes, as atualizações não oferecem apenas novas funcionalidades ou melhorias, mas também correções de falhas de segurança no sistema. Dessa forma, caso não haja atualização, os hackers podem possuir um fácil acesso aos seus dados.

2. Utilize um sistema de segurança em nuvem

O sistema de armazenamento em nuvem tem sido cada vez mais utilizado, uma vez que possibilita salvar arquivos diversos na internet, sem risco perdê-los e sem ocupar a memória do computador ou de um HD externo.

Sendo assim, um sistema que ofereça segurança em nuvem é essencial para se proteger de possíveis ataques e sequestro de dados.

Uma das plataformas que oferece segurança em nuvem por meio de softwares que monitoram e protegem o fluxo de informações é o Cisco Umbrella Roaming.

Confira mais detalhes sobre esse sistema em nosso artigo sobre o assunto. Veja clicando aqui.

3. Tenha cuidado com redes públicas

As redes de Wi-Fi públicas são oferecidas em diversos estabelecimentos, como bares, restaurantes, shopping e aeroportos. Muitas pessoas, então, aproveitam para realizar atividades online durante o tempo livre, como acessar o e-mail e as redes sociais.

No entanto, alguns criminosos costumam espiar e interceptar os dados dessas redes. Por isso, verifique se a conexão é legítima e, sempre que possível, utilize uma rede virtual privada – VPN.

4. Utilize um antivírus eficiente

Ter um antivírus atualizado em seu computador é essencial, uma vez que ele consegue detectar e, na maioria das vezes, remover softwares maliciosos que se propagam.

Lembrando que é fundamental utilizar um sistema de proteção mais avançado quando se trata da segurança de dados de uma empresa, afinal esse é o alvo principal dos criminosos.

Aproveite para conferir o nosso artigo sobre antivírus para empresas clicando aqui.

Os ataques e sequestro de dados privados estão cada vez mais comuns. Infelizmente, rastrear os criminosos ainda é uma tarefa difícil, uma vez que muitos deles utilizam um IP mascarado, impossibilitando a descoberta da origem e da localização. Além disso, muitos cobram o resgate em moeda virtual – bitcoin.

Lembre-se, portanto, de atualizar os programas e aplicativos instalados, utilizar um sistema de segurança em nuvem, ter muito cuidado ao navegar em redes públicas e sempre manter um antivírus em seu computador, principalmente quando houver necessidade de proteção de dados empresariais.

Leia mais...

CenturyTelecomDedic(feed)-min
Blog25_Wifi(feed)-min
CiscoIMATextil(feed)-min