O que é firewall de hardware, software e de nuvem

Saiba o que é firewall, qual a importância dessa ferramenta e conheça os diferentes tipos ― hardware, software e nuvem ― para escolher o melhor para a sua organização!
Tempo de leitura: 5 minutos
firewall o que é

Sumário

Se você ainda não sabe o que é firewall e por que essa é uma ferramenta imprescindível para a Segurança da Informação em sua empresa, vamos te ajudar a entender.

Em um cenário de ameaças frequentes e sofisticadas, faz cada vez menos sentido pensar no firewall corporativo como uma solução opcional ― nunca o foi e, atualmente, menos ainda.

Isso porque esta ferramenta protege a rede corporativa e, portanto, é essencial para afastar o risco de que alguma tentativa de ataque se concretize, colocando os negócios em risco. Assim, neste post, te apresentamos diferentes tipos de firewall para proteger sua empresa.

Confira!

O que é firewall 

O firewall é uma ferramenta de proteção de borda ou perímetro. Isso significa que cumpre a função de filtrar todo tráfego que passa pela rede corporativa para identificar e bloquear ações potencialmente maliciosas.

Assim, o que essa “parede de fogo” faz é criar uma central de bloqueio automatizada, usando inteligência em ações preventivas de IPs que possam representar algum risco para a organização.

Acontece que firewall não é um só; existem diferentes tipos com funcionamentos que mudam de acordo com a sua natureza. E é sobre isso que falamos a seguir.

Firewall de hardware

O primeiro tipo de firewall que vamos apresentar como opção para a proteção da rede corporativa é o baseado em hardware, também conhecido como firewall de perímetro.

O que é

O firewall de hardware é um dispositivo físico que pode ser instalado entre a rede de computadores da empresa e a internet, ou na borda da rede. Em ambos os casos, o objetivo é o mesmo: monitorar pacotes de dados.

Como funciona

Para saber, de fato, o que é firewall de hardware é preciso entender um pouco de seu funcionamento. Esse tipo de solução se baseia em regras pré-definidas para permitir ou bloquear o tráfego de dados na rede corporativa.

Para fazer isso e manter o ambiente seguro, o firewall faz uma filtragem com base em informações como os endereços de origem e destino, e fornece um alto nível de controle aos administradores de rede.

O firewall de hardware protege sistemas conectados e mantém as ameaças fora da rede corporativa.

Vantagens

Confira as principais vantagens desse tipo de solução:

  • É um único firewall capaz de proteger toda a rede corporativa;
  • Não compromete velocidade de desempenho;
  • Torna sua empresa menos vulnerável aos ataques cibernéticos;
  • É uma solução facilmente integrada a outras soluções de segurança, como uma VPN.

Esse tipo de solução pode ser oferecida como serviço (Firewall as a Service ou Firewall Gerenciado). Nesse caso, a empresa contratada, como a Prolinx, instala o hardware na borda da rede do cliente e faz o monitoramento periódico.

Firewall de software

Outra alternativa de firewall para uso corporativo é em software.

O que é

Para saber o que é o firewall de software basta levar em conta seu nome: falamos de uma solução baseada em software e instalada como uma aplicação virtual ou em cada computador da rede da empresa.

É um tipo de firewall que pode ser usado para bloquear o acesso a sites considerados um risco em potencial e até impressoras que façam parte da mesma rede.

Como funciona

O firewall de software funciona como uma segunda linha de defesa contra ataques virtuais, podendo verificar se uma aplicação que tenta acessar a rede corporativa é legítima ou não.

Assim, a solução permite ou barra o acesso a aplicações, minimizando riscos atrelados a programas suspeitos, malwares desconhecidos e outras ameaças em potencial.

Ainda, esse tipo de firewall consegue atribuir estações de trabalho diferentes para usuários com níveis de acesso diferentes à rede corporativa. Uma forma de personalizar e otimizar a proteção.

Vantagens

Veja a seguir as principais vantagens desse tipo de solução:

  • É acessível (mesmo considerando os melhores firewalls do tipo);
  • É econômico, especialmente para empresas pequenas com um número limitado de sistemas;
  • É de fácil implementação e manutenção;
  • Permite a personalização dos níveis de segurança para cada usuário da rede corporativa;
  • Garante mais controle e flexibilidade para determinar quais aplicações devem ser permitidas ou bloqueadas;
  • Emite notificações sobre tentativas maliciosas de intrusão à rede corporativa.

Firewall de nuvem

Por fim, o firewall de nuvem é uma solução que faz muito sentido para empresas que já têm aplicações na nuvem. Assim, se sua organização já começou ou está planejando essa migração, essa pode ser a opção mais indicada.

O que é

O firewall de nuvem, diferente dos outros, não é instalado no local e está presente na nuvem, atuando como uma barreira virtual de proteção em torno de aplicações, sistemas e toda a infraestrutura em nuvem da empresa.

Esse tipo de solução também pode ser oferecida como serviço (Firewall as a Service ou Firewall Gerenciado).

Como funciona

Mesmo na nuvem, esse firewall cumpre a mesma função de filtrar pacotes de dados e decidir o que pode ou não acessar aquilo que estiver na nuvem, mas há algumas diferenças importantes.

O processo de filtragem se baseia em uma análise inteligente. Isso significa que o firewall de nuvem acessa um banco de dados sobre ameaças conhecidas e analisa o histórico de eventos da empresa, bem como suas atividades internas, para prever futuras ameaças.

Além disso, não existe um perímetro no ambiente de atuação do firewall de nuvem, uma vez que os elementos que compõem o sistema estão dispersos. Com isso, a filtragem acontece em vários pontos e considerando várias fontes como a internet, data centers virtuais e outros.

Vantagens

Agora que você já sabe o que é firewall de nuvem, conheça suas principais vantagens:

  • Implementação simples e rápida;
  • Solução escalável com base nas necessidades da sua empresa;
  • Alta disponibilidade, garantindo um fluxo constante de serviços de segurança e backups automáticos;
  • Proteção de identidade, uma vez que esse firewall pode ser integrado a controles de acesso;
  • Alta performance, uma vez que é possível controlar tudo: visibilidade, configuração, registro, uso e outros;
  • Possibilidade de uso de snapshots e recuperação instantânea dos estados desejados em caso de problemas.

Importância do firewall para empresas

Ao entender o que é firewall e como essa solução funciona nos diferentes tipos existentes já ajuda a compreender que a importância principal é atrelada à segurança. Mas, isso não é tudo.

Atualmente, toda e qualquer empresa que atua no Brasil e lida com informações do público precisa respeitar as regras da LGPD ― a Lei Geral de Proteção de Dados.

O uso de um firewall é uma das medidas válidas para empresas que querem estar em conformidade com a LGPD que garante a proteção da privacidade dos dados pessoais coletados.

Isso porque esse tipo de solução controla o fluxo de informações, inclusive as confidenciais, podendo evitar o envio de arquivos privados e dados sensíveis à rede, protegendo os usuários da empresa.

Para que os objetivos buscados com o firewall sejam alcançados, mais do que saber o que é e quais as diferenças entre os tipos existentes, é importante escolher a solução mais adequada.

Assim, confira neste outro post nossas dicas de como escolher o melhor firewall para a sua empresa!

WhatsApp
LinkedIn
Facebook
Twitter
Prolinx

Moderna e atenta às tendências do mercado mundial de Tecnologia, Segurança, Inovação e Nuvem.